P A P E L

Eu também não entendia nada de papel até chegar aqui, então vou tentar explicar algumas coisas simples.

Trabalho com três tipos de papel. Todos são foscos e ligeiramente amarelados, típicos de fine art. Não trabalho com papel brilhante. Os papéis tem gramatura diferente, ou seja, pesos diferentes. Quanto mais pesado, melhor é o papel e mais caro ele se torna.

É importante dizer que os papéis abaixo são os padrões usados pela LAND.GALLERY, mas eles podem variar em função da disponibilidade do fornecedor - caso isso aconteça, o cliente será avisado previamente.

- papel fotográfico Luster 255g
(se a foto tiver o lado maior até 60cm é impressa no papel foto Matte da Hahnemühle, se o lado maior for entre 60cm e 110cm será impressa no papel foto Matte da Canson)
- papel Hahnemühle Studio Enhanced 210g
- papel Hahnemühle Photo Rag 308g 100% algodão

 

Hahnemühle é uma empresa alemã de 1584 que produz papéis considerados os melhores para impressão fine art do mercado. O Estúdio Lupa tem o certificado dos alemães para trabalharem dentro dos conformes que eles exigem. Canson é uma empresa francesa concorrente, líder de mercado de papel para impressões fine art e Belas Artes.

 

O papel Luster 255g, apesar de ser mais pesado do que o Studio Enhanced, tem durabilidade inferior pois é um papel fotográfico. Papéis fotográficos quando comparados aos papéis de algodão perdem em durabilidade, mas é um papel com qualidade incrível de impressão. Por ser econômico, ele tem um preço bastante competitivo.

 

O papel Hahnemühle Studio Enhanced 210g não é de algodão, é um papel fotográfico. Porém ele é feito de celulose. Ou seja, é considerado um intermediário entre o papel fotográfico e o papel de algodão. Uma ótima opção de custo-benefício por ser um papel com qualidade impecável. É equivalente aos papéis fotoquímicos tradicionais, tem durabilidade de 75 anos e um preço mais em conta.

 

O Hahnemühle Photo Rag 308g é um papel algodão, considerado o melhor tipo de material para impressão. Sua durabilidade é de 150 anos (sim!) e é muito usado no comércio de obras de arte, coleções particulares e exposições em museus. É um papel branco e totalmente fosco. Ele tem a melhor qualidade para fotografias fine art.